Salve a alma da Loira do Banheiro no Escape Hotel

A convite da nossa querida amiga do site AToupeira tivemos a honra de conhecer a sala Loira do Banheiro do Escape Hotel! Uma das lendas urbanas brasileiras mais conhecidas, principalmente pelos estudantes que sempre tornam-se intrigados com a história da menina que morreu no banheiro da escola. Chute o vaso, grite seu nome na frente do espelho ou dê três descargas, a invocação do espirito da loira varia de acordo com a história que te contam.

Há mais de 30 anos, Verônica foi morta no banheiro da escola onde estudava. Sua alma vaga desde então, e muita gente não tem coragem de chegar nem perto daquele banheiro, pois coisas terríveis podem acontecer. É hora de você e sua equipe encararem o medo e libertarem a alma de Verônica. Prontos para essa missão?

Sem dúvida, está sala temática é uma das mais bem elaboradas pelo Escape Hotel. Do cheiro de banheiro escolar mal lavado até as pichações e desenhos na porta do box do banheiro, a imersão é 100%. Não espere encontrar uma boa recepção, pois aqui a alma de Verônica está em cada canto da sala (literalmente). A sala comporta até 8 pessoas, o que não é ideal dado ao tamanho da sala que reproduz um banheiro pequeno de colégio. Nós jogamos em seis, um número ideal, o que permitiu maior mobilidade e agilidade ao encontrar as pistas.

Um dos únicos pontos negativos da sala são os cadeados que em determinada situação se tornam repetitivos, uma vez que são o mesmo tipo de cadeado, dando ao jogador uma facilidade para ir testando as variáveis até descobrir a senha. Além disto, outra situação ruim são as quantidades de objetos de cena que de certa maneira não faz parte da progressão do jogo ou dão pistas que não levam a lugar nenhum. Claro, isto faz com que os jogadores percam mais tempo ou encontrem pistas para descobrir quem realmente matou Verônica, mas a quantidade excessiva de materiais acabou deixando a desejar.

Por outro lado, todos os detalhes técnicos e o número de dicas a serem pedidas foram ótimas, nada exagerado ou que entregasse as situações de mão beijada. É uma sala de dificuldade média que não exige uma capacidade lógica avançada, mas que pode fazer com que os jogadores empaquem em níveis de progressão se não souberem intercalar entre dicas e puzzles.

Agradecimento a Renata da assessoria de imprensa e a toda equipe da recepção e parte técnica do Escape Hotel, sempre muito receptivos e educados!

Ficou interessado em conhecer a sala? Acesse o site do Escape Hotel em http://www.escapehotel.com.br/ e faça já a sua Reserva.