Rainha Nerd | A trajetória do Homem-Aranha até De Volta ao Lar

O Homem-Aranha foi criado no ano de 1941 por Stan Lee que desejava fazer um personagem diferente, mas que tivesse algo forte. Observando uma mosca na parede, pensou que seria interessante criar um personagem que grudasse nas coisas. Imaginou vários heróis: Homem-Inseto, Homem-Mosca… Até que finalmente chegou ao Homem-Aranha.

Sua primeira aparição foi em Amazing Fantasy #15, que estava para ser extinta. Todavia, graças à introdução do novo herói, ela bombou em vendas, obrigando a Marvel a lançar sua revista solo, intitulada como The Amazing Spiderman. A história de um garoto pobre, órfão, criado pelos tios, enfrentando problemas adolescentes comuns, era algo diferente do que até então se via na época. Quase todos os heróis eram de classe média-alta, com uma idade mais velha e não tinham preocupações que pessoas como nós temos. Isto fez com que Peter criasse uma proximidade tão grande com o público, que o tornou um dos maiores super-heróis da história.

A Marvel declarou falência e teve de vender alguns personagens para outras produtoras. A Sony Pictures vendo a popularidade do Aracnídeo, não hesitou em comprar seus direitos, visando à rentabilidade que ele lhe traria. E como previsto, a bilheteria do filme “Homem-Aranha” lançado em 2002, deixou o personagem ainda mais conhecido e aumentou os lucros da produtora.

Vendo a oportunidade, a Sony Pictures lançou “Homem-Aranha 2” em 2004, que foi outro estouro de bilheteria. Mas foi em “Homem-Aranha 3” que o estúdio emplacou um dos maiores sucessos do ano de 2007. O filme ficou em primeiro lugar como mais visto por semanas, ultrapassando outros longas como “300”.

Porém, os verdadeiros fãs de quadrinhos (e até mesmo alguns que não conheciam quadrinhos) criticaram demais o filme. A adaptação tosca da saga dos simbiontes, somadas à aparição de mais dois vilões, cenas desnecessárias de dança e a personalidade arrogante de Peter, deixaram muitas pessoas irritadas. Sam Raimi queria repetir o mesmo erro num vindouro “Homem-Aranha 4”, onde colocaria Abutre, Mystério e Gata Negra como vilões, contudo a Sony vetou a ideia, o que gerou um desentendimento, resultando na demissão do diretor.

Em 2010, a produtora divulgou que iria rebootar a franquia. Contratou Marc Webb para dirigir e Andrew Garfield para interpretar o cabeça de teia. Essa mudança repentina desagradou aos espectadores que “hatearam” o filme antes mesmo de seu lançamento. Além disso, o que mais incomodou aos leitores de quadrinhos foi o fato de que contaram (desnecessariamente) a história de origem de novo, mas para se distanciarem da primeira trilogia, colocaram uma importância muito grande nos pais de Peter, que deixou Tio Ben e Tia May apagados.

Em 2014, veio a continuação. “Espetacular Homem-Aranha 2” teve um marketing extremamente agressivo, onde a Sony investiu pesado e também teve de desembolsar muito dinheiro para isso. Entretanto, o diretor repetiu o erro de “Homem-Aranha 3”. Colocou três vilões no filme, deixando-o sobrecarregado e no final não dando importância nenhuma para nenhum deles. Sem contar que os visuais estavam péssimos!

Com o tanto de investimento em marketing, o retorno não chegou nem à metade do esperado. O filme deu mais prejuízo que lucros. Seus gastos foram em vão. Então, a franquia foi cancelada e em 2015, a Sony Pictures entrou em acordo para compartilhar os direitos com a Marvel Studios.

Em 2016, foi lançado o filme “Capitão América: Guerra Civil”, apresentando uma nova versão do amigão da vizinhança. Mais jovem, mais brincalhão, com os poderes recém-adquiridos. Em seus aproximadamente 15 minutos de tela, Tom Holland interpretou a melhor versão do herói, despertando novamente um brilho no olhar dos fãs do personagem.

Depois de seu sucesso estrondoso, a Marvel não hesitou em anunciar seu filme solo, que chega aos cinemas no dia 6 de julho e até o momento tem recebido críticas muito positivas. E você, vai assistir ao filme nos cinemas? Quais são suas expectativas? No vídeo do meu canal, eu explico alguns detalhes importantes que você precisa saber antes de assistir “Homem-Aranha: De Volta ao Lar”. Para assisti-lo, basta abrir o vídeo aqui: