OK, vamos falar sobre a série derivada de “Máquina Mortífera”!

OK, vamos falar sobre a série derivada de “Máquina Mortífera”!

É engraçado pensar que o primeiro filme da franquia Máquina Mortífera é do ano de 1987, no qual eu nem tinha nascido mas querendo ou não, nessa timeline de 87 a 2016 com a série, muita coisa aconteceu (inclusive eu). Dirigido na época por Richard Donner, Lethal Weapon (que soa muito melhor traduzido aqui em terras brazucas como Máquina Mortífera) é um filme de ação e policial, contando a história de um detetive virado no jiraya e um policial próximo a aposentadoria (Mel Gibson e Danny Glover, respectivamente) se juntando em uma missão para lidar com um cartel de drogas.

maquina-mortifera
Glover, Gibson e mullets: uma combinação perfeita!

Hoje, em 2016, quando o hype de buscar grandes clássicos do cinema ou seriados antigos e colocar uma roupagem nova (vide Arquivo – X ou MacGyver), Máquina Mortífera renasce como uma série padronizada no mesmo molde que seu filme: na divisão de homicídios de Los Angeles, o sargento cinquentão Murtaugh (Damon Wayans ou Sr. Kyle pra quem conhece), é obrigado a trabalhar com um parceiro da divisão de narcóticos, o sargento Riggs (Clayne Crawford). Descabeçado e com sintomas suicidas por conta de sua família, Riggs mostra se como um dependente de adrenalina a todo momento, bem como era Gibson e seus mullets na época de seu personagem.

 

A franquia de filmes trazia uma química divertida misturando o perigo da missão e a inconsequência em ter a dupla em ação, como se um completasse o outro. Por incrível que pareça, apesar de ainda reconhecermos o Sr. Kyle atuando mais de forma cômica do que sendo o policial durão, velho e cansado, a química (que é a chave da franquia) entre os protagonistas também parece acontecer ali, escondida entre um tiro e outro mas de forma rápida.

Ainda em seus primeiros episódios, a série chega engatinhando dentro daquele espaço já calcado pelos seus antecessores, onde talvez possa ser mais explorado e trazer um público mais jovem caso pense um pouco fora do seu quadrado sem perder suas referências. Não imperdível mas agrada quem pretende se arriscar. Seja o Riggs, ele é sempre o mais legal.

 Máquina Mortífera estreou em 21 de setembro nos EUA no canal Fox e no Brasil, a série chegou dia 04 de Outubro pelo canal da Warner.