#BGS10 | Jogamos 30 minutos de Sea of Thieves, exclusivo da Microsoft

A Microsoft veio com tudo para a Brasil Game Show deste ano, trazendo não só novidades em games mais também trouxe o que muitos fãs queriam a muito tempo ver de perto: o vídeo-game mais poderoso já criado, o Xbox One X. E dentre os jogos disponíveis para teste, o que mais chamou a atenção claramente foi o Sea of Thieves.

Anunciado na E3 deste ano, com data para lançamento já agora no começo de 2018, Sea of Thieves é um jogo de aventura produzido pela Rare e publicado pela Microsoft Studios para suas duas plataformas (Xbox One e Windows). O jogo tem uma aventura diferente dos jogos multiplayers atuais. Você não busca honra, mas sim pilhar tesouros, destruir navios piratas inimigos e claro, muitas canções dos sete mares! Sua equipe de piradas desajustados comandam um barco da forma mais realista possível: cada um tem sua função, seja ela liberar as velas, olhar o mapa, carregar o canhão, concertar buracos no barco. É tão real quando navegar pelos mares.

E pensa que é fácil dirigir essa embarcação? Jamais! Tome cuidado com as pedras e trovões que pode encontrar no meio do mar. O navio é frágil e pode sofrer danos e leva-lo para o fundo do mar em questão de minutos. Cada recurso é fundamental para sobreviver nesta aventura. Quedas tiram pontos de vida, então olhar para onde vai pular é sempre importante.

Sea of Thieves - Gamer
A experiência Sea of Thieves – Foto: Matheus Nogueira

Quanto mais tesouros encontrar, mas rico você vai ficar. Mas, o oceano é tão grande e com tantos piratas ambiciosos que a procura por estes tesouros podem ficar cada vez mais complexos. Não pense que é só carregar os canhões e atirar. Tudo deve ser levado em conta: posição do seu barco sobre o barco inimigo, vento, distância, peso das bolas, nível das ondas, velocidade das embarcações. TUDO influência no seus tipos. Por sorte, em nosso teste, conseguimos afundar o navio inimigo. Porém, ao fazer isto, existe uma sereia que funciona como respawn para todos os jogadores. Ou seja, a aventura não tem fim.

Sem dúvida, a Microsoft acertou em cheio neste multiplayer em primeira pessoa com Sea of Thieves. É fantástico jogar com seus amigos, usando o headset e planejando cada ação do jogo. Não é apenas um jogo em equipe, é o jogo DE equipe. Vale cada centavo para investimento e sem dúvida mais de 100 horas de jogo embora sem nem perceber.