Depois de 200 anos, portal Perdidos no Espaço reaparece no Escape Hotel

Há precisamente 200 anos, no interior de uma pirâmide no Egito, arqueólogos descobriram uma sala secreta construída com uma tecnologia singular, repleta de símbolos estranhos que certamente não eram deste mundo. Os cientistas não resistiram ao mistério que parecia um chamado, entraram na câmara e jamais foram vistos. Sumiram de vez. A verdade é que pouco se sabe dessa sala que se move no tempo e no espaço e que lembra as fantásticas aventuras literárias de Júlio Verne ou os episódios televisivos de Doctor Who e Arquivo X. A verdade, porém, é uma só: quem se atreve a entrar nessa espécie de portal é transportado para outra dimensão em algum lugar do que conhecemos por Universo – e normalmente fica por lá mesmo, vagando no espaço! Muitos desapareceram desde a primeira aparição da sala no Egito – uma vez que ela foi vista novamente no Líbano, em 1908, no México, em 1939, nos confins da aborígene Austrália, em 1956. E, agora, reaparece no Escape Hotel, em pleno 2017.

Esse é o roteiro de Perdidos no Espaçonova sala da casa dos jogos de fuga mais imersivos do Brasil, localizada na cidade de São Paulo. A aventura dura 40 minutos e o objetivo dos jogadores é encontrar o caminho das estrelas que os trará de volta ao planeta Terra – caso contrário, irão engrossar a perturbadora estatística alienígena dos terráqueos que ficaram eternamente desaparecidos nos confins do infinito.

Com enigmas que combinam lógica, raciocínio, adrenalina e puzzles `sci-fi-psicodélicos`, Perdidos no Espaço foi formatada para equipes de 2 a 5 pessoas. Crianças também podem jogar, mas a idade mínima recomendada é de 7 anos, acompanhadas de um adulto. O valor da diversão é R$ 59 por participante até 30 de novembro de 2017. Depois dessa data, o valor é de R$ 69 por jogador. Reservas devem ser feitas com antecedência pelo site www.escapehotel.com.br ou fone 11. 3637-0007.

O Escape Hotel fica na Avenida Pedroso de Moraes 832, em Pinheiros, zona oeste capital paulista.